Missão – Dia da Criança

O Dia Mundial da Criança é celebrado, hoje, 1 de junho. Neste dia as crianças são o centro das atenções, quando festas, presentes, doces e balões animam as nossas criancinhas e tornam o seu dia ainda mais especial. Mas, será que, realmente, fazemos as escolhas certas para tornar o seu dia mais especial?

Estima-se que uma grande percentagem das crianças não escovam corretamente os seus dentes, o que resulta num empobrecimento da saúde oral da população infantil. Geralmente, os pais revelam alguma dificuldade na hora da higienização oral dos seus filhos e na educação de uma boa escovagem, quer no que diz respeito ao tempo dedicado, como à forma e abrangência da lavagem.

Por isso, hoje, Dia Mundial da Criança, insisto neste assunto, que tanto pode melhorar a vida e a saúde oral das nossas crianças.

Como fazer uma higiene oral correta:

– Dos 0 aos 2 anos

  • Quando a criança ainda não tem dentes, apenas higienize e massaje a gengiva com uma gaze húmida ou similar;
  • A partir do aparecimento do primeiro dente, deve introduzir-se a escova, de tamanho adequado e macia. Nesta fase começa a utilizar-se uma pasta fluoretada (com baixa concentração de flúor) e aplica-se só uma camada do tamanha da unha do dedo mindinho da criança;
  • A higienização deve de ser feita após as refeições, principalmente à noite depois do ultimo biberão.

– Dos 2 aos 6 anos

  • A criança ainda não consegue fazer corretamente a sua higiene oral, no entanto, deve começar a escovar os seus dentes, embora esta escovagem seja, geralmente, apenas uma brincadeira. Assim, cabe aos pais reforçar a escovagem da criança;
  • O fio/fita dentária deve ser introduzido à medida que os espaços interdentários vão fechando;
  • A criança deve estar em frente ao espelho com o adulto a fazer a escovagem, é uma boa posição para a aprendizagem;
  • Por volta dos 6 anos erupciona o primeiro molar definitivo. Como esta é uma zona de difícil higienização, a criança deve ser motivada para a escovagem deste dente com maior cuidado;
  • A escovagem deve ser feita após as refeições, principalmente à noite antes de ir dormir.

– Maiores de 6 anos

  • A criança já tem destreza para a sua própria higiene oral. Uma abordagem sistemática e rotineira da escovagem torna a aprendizagem mais fácil;
  • O tempo médio de escovagem deve ser de 2 – 3 minutos;
  • A escovagem deve ser feita após as refeições. A escovagem à noite é a mais importante.

É importante, também, falar dos hábitos parafuncionais. Os hábitos parafuncionais são nocivos para os dentes das crianças, deve ter em atenção aos seguintes comportamentos:

  • Roer as unhas;
  • Sucção de dedos;
  • Sucção da mucosa jugal (bochechas);
  • Interposição/sucção da língua e/ou lábios;
  • Uso da chupeta (é aconselhado ser retirada até aos 2 anos);
  • Respiração bucal;
  • Ranger os dentes (o bruxismo – habitualmente chamado ranger de dentes – provoca desgaste nas faces dos dentes).

Para complementar os bons hábitos de saúde oral deve lembrar-se de fazer visitas regulares ao médico dentista. A primeira visita ao médico dentista deve ser realizada quando os primeiros dentes erupcionam, ou então até aos 12 meses de idade, de modo a estabelecer um programa preventivo de saúde oral e interceptar hábitos que possam ser prejudiciais. Até esta idade as orientações poderão ser dadas por outros profissionais de saúde.  As consultas de rotina têm intervalos de tempo consoante a idade e estado clínico da criança e devem ser estabelecidas pelo profissional de saúde.

Uma boa saúde oral influencia, de forma positiva, toda a nossa saúde geral. Transmita a importância de uma boa higiene oral, e ensine o seu filho a cuidar dos seus dentes, pois assim influenciará o melhor que o seu filho pode ter: a saúde!